CEBs do Brasil rumo ao 14° Intereclesial – Encontro de Assessores e Assessoras

Um dos desafios das CEBs hoje é perceber as contradições do mundo urbano a partir da diversidade, pluralidade e complexidade.

Nesses dias 30/09 e 01/10 aconteceu em Londrina Pr  o encontro com os assessores do 14° Intereclesial das CEBs do Brasil.

O Encontro iniciou com as contribuições de Sergio Coutinho, trazendo um breve histórico sobre a origem dos Intereclesiais que  se deu em 1975.  Intereclesial é o encontro entre igrejas irmãs: não é um congresso e nem se trata de um encontro nacional promovido pela CNBB, mas um encontro sinodal entre os pobres com o objetivo de ser uma igreja da caminhada.

As CEBs do Brasil colocam em prática o que o Papa Francisco nos pede: ser uma igreja em saída, uma igreja a caminho.

Solange Rodrigues, Irmã Tea e Pedro Ribeiro promoveram reflexões sobre os Desafios das CEBs no Mundo Urbano,  analisando os diversos aspectos que atingem diretamente a vida das comunidades, sejam esses desafios políticos, sociais, ambientais, relacionais e eclesiais,  presentes no mundo urbano, lugar de exclusões e possibilidades, pertença e invisibilidade. 

Um dos desafios das CEBs hoje é perceber as contradições do mundo urbano a partir da diversidade, pluralidade e complexidade. Outra questão está associada à ecologia,  o cuidado ambiental e às mais diversas formas de violência.

Mas a cidade não é só lugar do individualismo e do consumismo, também é o lugar onde se constrói novas possibilidades de articulação social e política: mobilizações populares, expressões culturais, avanços institucionais e políticas públicas onde as pessoas não ficam subordinadas à lógica do capital, mas produzem alternativas que vão desde os movimentos sociais em luta pelo direito à cidade até formas de reapropriação criativa dos espaços. Ali se constrói também uma Igreja alternativa da gratuidade em que a fé está ligada ao trabalho, o amor está ligado à coragem e a esperança está ligada a teimosia.

O fundamento é o caminho de Jesus. Nesta reflexão em preparação ao 14° Intereclesial os assessores destacam que vale a pena recordar o que diz o Papa Francisco na Evangellium Gaudium: o tempo é superior ao espaço (infinito), a unidade prevalece sobre o conflito e o todo é superior à parte.

No último dia os participantes retomaram a grade das plenárias, ajustando as assessorias,  temas, o fazer dos dias do encontro.  Momento  reflexão e partilha, demonstrando o grande zelo e cuidado pelas Comunidades Eclesiais de Base.

O Intereclesial se aproxima! Londrina é a próxima estação e as CEBs do Brasil já são esperadas com muito carinho!

Colaboração de  Vileci Vidal

fotos Luiz Viana Pascom

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *