Preparando para o 14º Intereclesial numa igreja libertadora em saída

É preciso seguir em frente com o trabalho pastoral de uma igreja em saída, baseada numa espiritualidade libertadora. Essa foi a síntese do Encontro de CEBs da Diocese de Rondonópolis-Guiratinga que teve como objetivo preparar para o 14º Intereclesial das CEBs que ocorrerá em Londrina e repassar as informações do 14º Encontro Regional das CEBs que ocorreu em São Félix do Araguaia-MT. Na pauta, a reflexão sobre a caminhada pastoral na diocese e a memória das experiências vividas.

O evento ocorreu na tarde de sábado (25), na paróquia São José Operário, em Rondonópolis-MT  e reuniu cerca de 40 pessoas.  O secretário-geral da CEBs de Mato Grosso, Reinaldo Meira, ressaltou através de dinâmicas o organograma das Cebs. Destacou a necessidade da união de forças, habilidades e funções para formar e conduzir os trabalhos pastorais na comunidade.

O coordenador diocesano das CEBs, Juvenal Paiva, enalteceu o fortalecimento das CEBs por meio dos testemunhos de grandes nomes de nossa Igreja, como Leonardo Boff, dom Pedro Casaldáliga, Marcelo Barros e outros ligados à Teologia da Libertação. Também indicou a leitura dos diversos subsídios da CNBB. “Não temos que nos esquivar de evangelizar a partir da Espiritualidade Libertadora, pois não temos um único viés para evangelizar”, disse.

O professor e assessor Ademar Carvalho ressaltou que as CEBs são “um novo jeito de ser Igreja”. Ou seja, não é um  movimento, mas sim estrutura da Igreja. Fez duras críticas à organização americana através de igrejas evangélicas e movimentos da própria igreja católica que estão por trás do desmonte das CEBs. “Vamos nos manter firmes no trabalho de evangelização no modelo das CEBs, que segue os ensinamentos e a prática de Jesus Cristo, tão ressaltados pelo papa Francisco”, comentou.

Os irmãos de caminhada Aldo, Fran, Mariinha e Avanir foram unânimes ao falar do crescimento espiritual que o Encontro Regional de São Félix proporcionou aos participantes e esperam com alegria a chegada do 14º Intereclesial. Mencionaram ainda a importância de celebrar nossos encontros e principalmente os mártires, que se entregaram em nome das vidas de outros.

Com informações de Juvenal Paiva

Confira a galeria de fotos:

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *