Envio de Delegados do Amazonas para o 14º. Intereclesial das CEBs do Brasil

“As CEBs são sal e luz na sociedade. E aos que vão para o Intereclesial que levem nossa experiência das comunidades de nossas periferias cheias de fé e de vida. Bom encontro a todos”. Dom Sergio

A coordenação regional das Comunidades Eclesiais de Base (CEBs) promoveu na noite do dia 6 de janeiro de 2018 a missa de envio dos delegados que representarão o Regional Norte 1 no 14º Intereclesial de CEBs que será realizado na Diocese de Londrina, de 23 a 27 de janeiro deste ano. A celebração ocorrida na Igreja da Comunidade Nossa Senhora do Bom Parto, situada à rua Yanomami – Conjunto Juruá, Setor Alvorada, foi presidida pelo arcebispo Dom Sergio Castriani, e concelebrada pelo pároco da Paróquia Santa Cruz, Padre Celso Ferreira dos Santos.

Segundo a coordenadora Regional das CEBs, Nete Souza, ao todo irão 108 delegados das dioceses pertencentes ao Regional Norte 1 – Amazonas e Roraima, o bispo referencial das CEBs, Dom Zenildo Silva; o bispo de Roraima, Dom Mário Antônio; e o bispo de Itacoatiara, Dom Ionilton de Oliveira. “Pra gente é muito importante esse encontro de partilha de experiências, desafios e clamores. Vamos trabalhar a questão urbana, na qual temos grande experiência. É uma grande felicidade a gente ir representar nosso regional, e estamos indo com um número bem significativo”, afirmou Nete.

Durante a homilia, Dom Sergio afirmou que comunidade eclesiais são locais onde se vive a fé, onde há vida cristã, se prega o Evangelho e celebra a Eucaristia. “As CEBs são sal e luz na sociedade. E aos que vão para o Intereclesial que levem nossa experiência das comunidades de nossas periferias cheias de fé e de vida. Bom encontro a todos”, disse o arcebispo.

Ao final o arcebispo reuniu os representantes próximo ao altar e os abençoou e enviou para que bem representem o Regional Norte 1.

Sobre o 14. Intereclesial

O encontro é uma iniciativa das CEBs, organizações e pastorais populares que pensam a Igreja Católica a partir de seu compromisso com os pobres. Este ano tratará do tema “As CEBs e os desafios no mundo urbano” e lema “Eu vi, ouvi os clamores do meu povo e desci para libertá-lo” (Êxodo, 3:7). E para 2018 são esperados cerca de 3.300 participantes.

O encontro intereclesial das CEBs terá uma metodologia de trabalho, baseada no método “Ver, Julgar e Agir. Para ampliar as reflexões dos desafios, o encontro terá 13 mini plenárias que vão discutir temas como acesso e condições de moradia; mobilidade urbana; formação e educação; acesso e participação na cultura e lazer; trabalho e emprego; juventude; ecologia; saúde e saneamento; violência e segurança; direito à comunicação; diálogo inter-religioso; movimentos e organizações sociais e populares; democratização e participação na política.

Fonte: arquidiocesedemanaus.org.br

fotos: Nete Souza  Comunicação das CEBs  do Brasil – Nortão

 

3 Comentário

  • Antonia Marizia passo Lopes

    Estou triste porque minha Diocese de São João del Rei não participa mais das CEBs, mas meu coração e meu pensamento é CEBs e meu comportamento também.Que Deus ilumine todos vocês aí.Precisamos mudar esse Brasil., Acredito nas CEBs . 21 de janeiro 2018

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *