SOBRE AS ACUSAÇÕES ÀS CEBs. Pe. Genivaldo Ubinge

Texto do Pe. Genivaldo Ubinge – Assessor das CEBs na Arquidiocese de Maringá

SOBRE AS ACUSAÇÕES ÀS CEBs

As CEBs, como opção de organização eclesial, são realidade na América Latina a quase 50 anos.
Neste período todo sempre contou com lideranças (bispos, padres, religiosas e religiosos, teólogos, leigas…) muito atentas e responsáveis no seu zelo e pastoreio; lideranças que se empenharam para assessorar as comunidades nas suas diversas situações e conflitos ideológicos. E isso, sempre enfrentando desconfianças, acusações infundadas, associações indevidas, detrações… como vemos se levantar nestes dias. Mas sempre seguiram firmes, vigilantes e com senso de respobsabilidade com a fé do povo de Deus. E por isso, temos uma Igreja tão presente na vida das pessoas, nos seus sofrimentos e angústias. O que me leva a dizer com segurança: as CEBs são a Igreja que assume o povo porque são assumidas e constituídas por este povo.
São palcos de disputas ideológicas? Sim, são. Como toda a Igreja o é; pois estão no mundo. Devemos ser, e somos, conscientes disso. Por isso, não aceito uma acusação que os bispos ligados às CEBs são irresponsáveis e não estão atentos e zelosos na condução de seu povo.
Neste passado recente muitos bispos foram acusados disso. Ontem Helder Câmara, Evaristo Arns, os irmãos Lorscheider, Luciano Mendes… Hoje Geremias e outros.
Da minha parte (que despertei pra fé num movimento eclesial, que alias, muitos acusam de ser instrumentos de desarticulação das CEBs na América Latina, atendendo aos interesses do imperialismo estadounidenses, acusação que nunca assumi), eu pesquisei, ouvi pessoas, acompanhei trajetórias e biografias, avaliei frutos… e posso dizer em consciência que estes homens de ontem e de hoje são pastores zelosos na condução do povo a eles confiados.
Eu acredito que ninguém é isento ou imune às ideologias, por isso, sempre sou muito atento às disputas ideológicas. E qdo alguém me acusa, crítica e aponta que estou tentando impor uma ideologia, eu assumo, exercito a autocrítica; me avalio diante de Deus e da minha consciência. Espero que aqueles que acusam as lideranças das CEBs de ideologia também sejam atentos e abertos à autocrítica com suas próprias ideologias.

Fonte redes sociais Lucimar Moreira Regional Sul II.

8 Comentário

  • Luiz Antônio de Oliveira

    A Igreja de Cristo, não pode ser conivente com poderosos massacrando os pobres! A ideologia da Igreja de Cristo é os Pobres, doa a quem doer!

  • Jaqueline Bueno , cp

    ( me desculpo pela falta de acento mas estou usando um computador fora do Brasil) Gostaria de contribuir tambem a este artigo. As mesmas acusaçoes feitas as CEBs sao feitas a Teologia da Libertaçao. Acho que temos q nos tranquilizarmos diante das criticas infundadas e procurar mostrar o que as CEBs realmente faz e vive; assim como a base da Igreja no Brasil hoje que carrega uma herança de Igreja q nao existe em outros paises. Muitas pessoas ja me disseram “nos como Igreja nao temos a maturidade como vcs no Brasil”. Temos q ter realmente orgulho da nossa Igreja no Brasil. e continuar formando os leigos para q conhecam mais a Biblia e os documentos da Igreja para q possamos vivelos com maturidade, amor e inteligencia. Como nos mostra DT 6,5 : Amarás, o Senhor teu Deus de todo o teu coração, e de toda a tua alma, e com toda sua força. Um grande Abraço a todos e que a Paz de Jesus, o Vivente esteja com vcs!

  • Nelmo Roque Ten Kathen

    Esquenta não. A profecia sempre gera reações violentas. Os “protestantes” de junho de 2013 chocaram os ovos da serpente. As cobrinhas apareceram. A Web permite que as cobrinhas destilem seu veneno. Vamos tocar em frente que o Evangelho das CEBs é verdadeiro e seus bispos são profetas bíblicos.

  • Parabéns Pe. Genivaldo pela sua postura sincera e corajosa. Oxalá muitos outros sacerdotes, bispos e leigos comprometidos com o Reino de Deus, tivessem essa lucidez e disposição para termos uma Igreja mais viva
    e audaz no seguimento de Jesus Cristo e sua mensagem libertadora.

  • Edivaldo Mendes

    Parabéns pelo empenho de todos os Delegados do 14ª Intereclesial o apoio dos Religiosos e Religiosas que Caminham com o Povo da nossa América, a Cidade de Londrina que nos acolheu muito Axé.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *