Ícones do 14º Intereclesial das CEBs. Fonte de animação vivencial.

“O Trem das CEBs não parou, nem vai parar, do Ceará ele veio ao Paraná!”

Com essa motivação, em janeiro de 2014, Londrina recebeu carinhosamente de Juazeiro do Norte a realização do 14º Intereclesial das CEBs. O Intereclesial foi celebrado em janeiro de 2018, mas foi vivenciado por quatro anos em todo o Paraná durante sua preparação. Quatro anos de muita reza, muito canto, muita luta, muita festa e muitas sementes lançadas nas comunidades de todo o estado. Diversos encontros, reuniões, retiros, formações e assembleias tiveram o olhar voltado para as CEBs e os desafios do mundo urbano. Em 2016, a CNBB do Regional Sul II trouxe o tema para a Assembleia do Povo de Deus, junto a todos os arcebispos, bispos, coordenadores e coordenadoras de pastorais, movimentos e organismos da Igreja do Regional e representantes de todas as Dioceses.

Como fonte de animação vivencial, tivemos a peregrinação dos Ícones do 14º Intereclesial das CEBs, que visitou as comunidades nas Arquidioceses e Dioceses do Paraná. Nessa peregrinação, tivemos a Cruz, feita especialmente para esse momento, talhada na sua haste vertical com a Catedral de Londrina, a Gralha Azul, algumas Araucárias e outros símbolos do nosso estado. Já na sua haste horizontal, está o Trem das CEBs com seus quatorze vagões, representando todos os Intereclesiais Nacionais até agora. Acompanhou também essa peregrinação a imagem de Nossa Senhora do Rocio, padroeira do Paraná, que sempre nos acompanha e intercede pelas Comunidades Eclesiais de Base do nosso estado. Também tivemos como ícone a Bíblia, que é proclamada, partilhada e encarnada na vida do nosso povo e um banner do 14º Intereclesial das CEBs, fazendo referência ao Encontro. Esses Ícones serviram de inspiração para celebrar e rezar as “CEBs e os desafios no mundo urbano”, tema do 14º, com a iluminação bíblica “Eu vi e ouvi os clamores do meu povo e desci para libertá-lo” (Ex 3,7).

 Durante a Celebração de encerramento da Ampliada Nacional das CEBs, na Catedral de Londrina em janeiro de 2017, esses Ícones saíram em peregrinação pelo Paraná. Começou pelas Dioceses de Cornélio Procópio, Jacarezinho e Ponta Grossa. Chegou à Arquidiocese de Curitiba no final de fevereiro, durante o Encontro Regional das CEBs e na sequência seguiu para as Dioceses de Paranaguá, São José dos Pinhais, União da Vitória e Guarapuava. Em abril chegou à Diocese de Palmas/Francisco Beltrão, seguindo pra Cascavel, Foz do Iguaçu, Toledo, Campo Mourão, Umuarama e Paranavaí. Em junho, passou pela Arquidiocese de Maringá, durante o Encontro da Província de Maringá das CEBs e na sequência foi à Apucarana, que entregou para a Igreja de Londrina em julho, durante o Quatorzinho das CEBs, o grande Encontro de preparação da Arquidiocese de Londrina para receber o 14º Intereclesial. Os Ícones permaneceram na Arquidiocese de Londrina até a realização do Intereclesial em janeiro de 2018, percorrendo todas as paróquias da Arquidiocese, motivando, cantando e já celebrando o Intereclesial ♪“Eu vi e ouvi os clamores do meu povo e desci para libertá-lo. Somos as CEBs, uma igreja em saída, que enfrenta os desafios do mundo urbano”.

O Intereclesial teve sede na cidade de Londrina, mas motivou todo o Paraná para acolher e preparar esse lindo Encontro. Os Ícones passaram por Comunidades, Capelas, Paróquias, Casa de Formações, Centros de Recuperação, Igrejas de outras denominações religiosas, entre tantos outros espaços, envolvendo Arcebispos, Bispos, Padres, Diáconos, Religiosas e Religiosos, Leigas e Leigos, além de Pastores, Pastoras e participantes de outras Igrejas. Foi um lindo momento de fortalecimento das comunidades e lideranças da Igreja do Paraná, na proposta de uma Igreja missionária e em saída, vivenciando e celebrando as CEBs e os desafios no mundo urbano em cada realidade.

E foi assim que o Paraná alegremente construiu o 14º vagão do Trem das CEBs do Brasil, com força, trabalho e oração. Essa Cruz peregrina que se encarnou na vida e nas Comunidades Eclesiais de Base do Paraná foi entregue como símbolo para Rondonópolis e todo o estado do Mato Grosso, que acolherá o 15º Intereclesial das CEBs do Brasil.

Claudio Paulo Hernandes

Animador das CEBs do Paraná

Essa Retrospectiva é parte integrante da 6ª Edição do Jornal A Caminho. Acesse:

JORNAL A CAMINHO

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *