Mensagem da Ampliada Nacional das CEBs do Brasil às vítimas do rompimento da barragem em Brumadinho – MG

Mensagem da Ampliada Nacional das CEBs às vítimas do rompimento da barragem de rejeitos de minérios em Brumadinho – MG

Nas interven­ções sobre os recursos naturais, não predomi­nem os interesses de grupos econômicos que arrasam irracionalmente as fontes da vida  (DAp 471)

A Ampliada Nacional das CEBs, composta por representantes dos 18 Regionais da CNBB, reunida em Cuiabá-MT, em preparação para o 15º Intereclesial de CEBs, que acontecerá em Rondonópolis-Guiratinga-MT, em julho de 2022, recebe com profundo sentimento de indignação, a triste notícia do rompimento da barragem de rejeitos de minérios da Mineradora Vale, no município de Brumadinho – MG, ocorrido neste 25 de janeiro de 2019.

Diante deste triste fato, a Ampliada Nacional das CEBs vem de público afirmar que isto não se trata de tragédia, nem de acidente e, muito menos, uma fatalidade, mas um crime sócio ambiental, plenamente previsível e anunciado, pois sabemos que as Mineradoras, movidas pela ganância e lucros desenfreados, são capazes de devorar e destruir nossas montanhas, florestas, aquíferos, rios, fauna, flora, patrimônios históricos e culturais e de ceifar a vida de tantas pessoas.

Denunciamos a Mineradora Vale que, em nosso país e além fronteiras, invade  territórios, destrói modos de vida e maneiras tradicionais de conhecimento e sobrevivência de muitos povos, com um discurso de desenvolvimento e progresso, iludindo-os com falsas promessas e ameaças.

Afirmamos nosso compromisso em defesa dos bens da criação, nossa Casa Comum, e que estes bens não podem ser apropriados por mineradoras em nome de um modo de produção, distribuição e consumo concentrador da riqueza e do poder, destruidor do meio ambiente, excludente e violento.

Fazemos nossas as palavras do Papa Francisco:

Os poderes econômicos continuam a justificar o sistema mundial atual, onde predomina uma especulação e uma busca de receitas financeiras que tendem a ignorar todo o contexto e os efeitos sobre a dignidade humana e sobre o meio ambiente. Assim se manifesta como estão intimamente ligadas a degradação ambiental e a degradação humana e ética  (Laudato Si, 56).

Alertamos para o risco iminente de rompimentos de outras barragens da Vale, tanto em Minas Gerais como em Parauapebas-PA.

Diante dos danos sócio ambientais provocados pela Mineradora Vale, apoiamos o processo em andamento que requer a revogação de sua privatização.

Conclamamos que as autoridades competentes façam a devida justiça perante as vitimas e suas famílias.

Solidarizamo-nos com as vítimas deste crime, seus familiares, seus territórios e com toda a criação divina, que mesmo no luto, na lágrima e na dor, mantenhamos confiantes nossa fé e nossa solidariedade, acreditando que o Senhor enxugará toda lágrima e destruirá nosso luto.

Que Nossa Senhora da Piedade, padroeira de Minas Gerais, seja nossa companheira nesta travessia de dor e de esperança.

Cuiabá – MT, 26 de janeiro de 2019.

 

BAIXAR NOTA DA AMPLIADA

Msg CEBs Brumadinho

 

 

5 Comments

  • Odete Pozzan Schmitz

    Só podia ser esta igreja solidária, que caminha com seu povo, que anuncia a Boa Nova de Jesus Cristo, mas também denúncia as injustiças!
    Parabéns a Ampliada Nacional das CEBs!

  • Sueli de Fátima de Almeida.machado

    Queridos companheiros de caminhada.
    Eu e.meu esposo acabamos de ler o texto de vocês sobre a tragédia anunciada de Brumadinho Estamos compartilhando em.nossaa redes sociais.
    Porém,notamos a necessidade de correção de uma palavra chave que está aparecendo na mídia social ” NO TEXTO APARECE EMINENTE E A PALAVRA CORRETA É IMINENTE”

    NA SOLIDARIEDADE

    Sueli e João

  • Adalgiza

    As nossas Ceb’s imagem plástica , ícone da Igreja comprometida com a vida, a criação e as criaturas ..principalmente com as minorias ignoradas e violentadas por essa ganância de um capitalismo selvagem …lançando esse grito, nos representam e a Esperança dos pobres que insiste não apenas sobreviver mas viver uma vida digna e plena!!!

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *