14zinho

Regional Sul II participa do Catorzinho

Regional Sul II participa do Catorzinho

- SULÃO, 14º Intereclesial, 14zinho, Destaque, Destaque News
Alegria, esperança, partilha, comunhão de vida, criticidade, companheirismo, enfrentamento e lutas. Nossa marca. Acreditamos que para a frente necessitamos, como Igreja, de uma conversão pastoral, ecológica e ecumênica.  Somos Igreja! Somos CEBs Faltando pouco menos de 06 meses para a realização do 14º Intereclesial   realizou nos dias 15 e 16 de julho o Catorzinho, encontro teste para avaliar e motivar as  as comunidades na construção desse grande encontro. No Catorzinho participaram   aproximadamente 700  pessoas  das dioceses do Regional Sul II da CNBB, tembém representantes dos regionais Leste I e Leste II. Acompanhe os relatos das CEBs das Dioceses presentes sobre a alegria de participar desse momento: DIOCESE DE APUCARANA Nós da Diocese de Apucarana estivemos no Catorzinho na
A todas e todos que sonharam e realizaram o Catorzinho: Gratidão!

A todas e todos que sonharam e realizaram o Catorzinho: Gratidão!

14zinho, Destaque, Destaque News
 “Tenham coragem. Não tenham medo de sonhar coisas grandes”. Papa Francisco    Faltando pouco menos de 06 meses para a realização do 14º Intereclesial Londrina realizou nos dias 15 e 16 de julho o Catorzinho, encontro teste para avaliar e motivar as mais de 20 equipes de trabalho  e envolver ainda mais as comunidades na construção desse grande encontro. No Catorzinho participaram   aproximadamente 700 pessoas, a maioria de Londrina, das dioceses do Regional Sul II da CNBB e também representantes do   Lestão (Rio de Janeiro e Minas Gerais). O encontro marcou positivamente a caminhada rumo ao 14º Intereclesial pela alegria e disposição de todos os participantes, trabalhadores e delegados. Serviu também para que as equipes pudessem perceber o quanto já caminharam  e "ajustar os ponteir
Grande plenária VER : Analise de Conjuntura.  De repente nossa vista clareou…

Grande plenária VER : Analise de Conjuntura. De repente nossa vista clareou…

14zinho, Destaque
  José Damasceno de Oliveira, membro da Comissão do MST Nacional,   apresentou aspectos da econômica   globalizada e alertou para que as lutas ainda não estão globalizadas, o capital sim. As corporações são internacionais, o capital não tem fronteira, é preciso que a solidariedade também não a tenha. Estamos vivendo a crise do capital. Limite da taxa de lucro. A lógica do capital tem que se reinventar, por isso avança para aumentar o lucro. Capital não tem coração. O lucro e o mercado não têm valores cristãos. A indústria da guerra avança para destruir e depois lucrar na reconstrução, dominar territórios e tomar riqueza. Daí a população de sobrantes, migrantes e excluídos. Se ameaçado o capital se torna violento. A base da nossa sociedade é a economia. Não existe saída em cur
Londrina  realiza  Catorzinho: Ensaio geral para o 14º Intereclesial das CEBs

Londrina realiza Catorzinho: Ensaio geral para o 14º Intereclesial das CEBs

14zinho, Destaque
A contagem regressiva para  o 14º Intereclesial das Comunidades Eclesiais de Base do Brasil entra na etapa final. O Encontro que vem sendo preparado desde 2014 e acontecerá em Londrina de 23 a 27 de janeiro de 2018 tem como reflexão os Desafios no Mundo Urbano. Nos dias 15 e 16 de julho, aconteceu o que podemos considerar um ensaio geral para o grande encontro que em janeiro reunirá cerca de 4000 pessoas vindas de todo o Brasil, bem como de diversos países. O encontro desses dias em que participaram aproximadamente 700 pessoas, a maioria das dioceses do Regional Sul II da CNBB, serviu para ajustar as diversas  engrenagens que sem dúvida vão ajudar numa melhor organização do 14º Intereclesial, que almeja ser, nas palavras de Dom Manoel João Francisco, Referencial das CEBs do Regional
Plenária Movimentos Populares e Organizações  Sociais e Populares “A Igreja deve estar dentro dos movimentos sociais”

Plenária Movimentos Populares e Organizações  Sociais e Populares “A Igreja deve estar dentro dos movimentos sociais”

14zinho, Destaque
Movimentos Populares e Organizações  Sociais e Populares        A Praça castanheira, localizada na Paróquia Rainha dos Apóstolos, no bairro do  Shangri-lá, ficou lotada de pessoas de diversas entidades e movimentos. Muitos dos delegados inscritos para este debate nunca participaram de pastorais ou atividades religiosas, outros, ao contrário, estavam muito voltados para a Igreja instituição e agora sentiram a obrigação de buscar o espaço da organização. O Diácono Hildo da arquidiocese de Maringá, da paróquia de Paissandu, disse que percebeu a necessidade de participar das plenárias sobre os movimentos sociais porque vê que a Igreja está cada vez mais afastada das necessidades das comunidades nas questões políticas. Para a estudante de Ciências sociais, Daniela, da capela Santa Helena no
Plenária Movimentos e Organizações Sociais e Populares

Plenária Movimentos e Organizações Sociais e Populares

14zinho, Destaque
O Tema Movimentos e  Organizações Sociais e Populares teve a Assessoria da Profª Ileizi Fiorelli  da Universidade Estadual de Londrina e  coordenação da Irmã Daiane e Pe  José  Cristiano. Aconteceu na praça Castanheira. A reflexão apresentada nos leva a analisar a “crise” de uma forma mais ampla e considerar os seus impactos na sociedade, pois ainda estamos administrando os resultados de avanços anteriores, mas às medidas (tomadas por lideranças capitalistas) estão influenciando na vida de todos, e os mais desprotegidos (pobres) sofrem mais! Partindo do principio  que a origem dessa crise é econômica, inclusive à atual crise política no Brasil, e que os meios de comunicação tem direcionado posicionamentos e vem influenciando às decisões, principalmente do povo. As relações estão cada v
Catorzinho: Relatório das plenárias é apresentado aos participantes

Catorzinho: Relatório das plenárias é apresentado aos participantes

14zinho, Destaque
Na manhã deste domingo foi apresentada uma síntese dos trabalhos das miniplenárias do Catorzinho das CEBs.  A atividade foi realizada na praça Araucária, ginásio poliesportivo do Colégio Marista de Londrina, e cerca de 400 pessoas participaram. Após um momento inicial de oração, foi lido um documento escrito com base no registro feito pelos relatores presentes em cada um dos grupos de discussão. Os apontamentos revelaram a percepção das comunidades sobre os desafios cotidianos e as ações que já vêm sendo desenvolvidas nos bairros e paróquias. Também foram listadas propostas de intervenção para o enfrentamento dos desafios urbanos relacionados às diferentes temáticas. A Ir. Solange Martinez explicou a importância da divulgação dos resultados: “todos nós só pudemos estar em uma das plenária
Celebração Eucarística  do Catorzinho:   Celebrando a Alegria de ser Comunidade

Celebração Eucarística do Catorzinho: Celebrando a Alegria de ser Comunidade

14zinho, Destaque
Celebração reuniu centenas de pessoas no aterro do Lago Igapó e encerrou o primeiro dia do encontro em preparação para o 14º Intereclesial das CEBs. Uma celebração eucarística reuniu  a diocese de Londrina e de diversas   do Paraná no aterro do Lago Igapó.  A celebração encerrou o primeiro dia do “Catorzinho”, encontro que ocorreu nos dias 15 e 16 de junho como preparação para o 14º Intereclesial das CEBs (Comunidades Eclesiais de Base). A celebração contou com a presença do Arcebispo da cidade, Dom Geremias Steinmetz e do Administrador Apostólico da Arquidiocese de Londrina e Referencial das CEBs no Regional Sul, Dom Manoel João Francisco. Um dos principais momentos da celebração campal, foi a entrada dos ícones das CEBs que representam o Intereclesial. A Cruz, a imagem de Nossa Senhora
Plenária: Os desafios da mobilidade urbana.

Plenária: Os desafios da mobilidade urbana.

14zinho, Destaque
Plenária contou com a assessoria do Professor Nilson Fraga.  Impressões de um cidadão. A mobilidade nas cidades do Brasil não é considerada. Mobilidade envolve dignidade e qualidade de vida. É necessário politicas publicas urbanas para que a vida seja digna nas cidades. Mobilidade envolve ciclista que encontra o motorista de carro, que odeia motorista de caminhão. Isto porque nas cidades cada um se acha único, dono da cidade. As calçadas são as tragédias da vida urbana, porque não é cuidada. A cidade não foi feita para o pedestre, mas para o carro. Todos querem carro hoje. Saídas – Ciclovias – Hidrovias – Controle e impacto de novas construções. Preço da cidade que vivemos: carros, prédios e águas poluídas. Optar por carros menos poluentes. Na cidade todo dia surge
Plenária: Ecologia e Cuidado Ambiental

Plenária: Ecologia e Cuidado Ambiental

14zinho, Destaque
       Os recursos naturais são finitos e nós nos esquecemos disto, foi assim que o biólogo e professor da UEL Cristiano Medri, fez a abertura de sua “fala” na praça pequi localizada na paróquia Rainha do Universo, cujo tema era Ecologia e Cuidado Ambiental. Medri começou explicando que a palavra ecologia significa o estudo da casa, do nosso: eco – casa, logia – estudo, ou seja, o local onde todos os seres vivos vivem. Ele destacou que nesse sentido, o nosso planeta começa no quintal de cada um, falou, ainda que hoje 85 % dos brasileiros moram nas cidades e que para construir cidades, segundo ele, se perde muitos recursos naturais.    O principal motivo do colapso da exploração do ecossistema, para o biólogo é o capitalismo e consumismo desenfreados. “O sistema capitalista pressupõe cresc