Artigos

Dom Hélder Câmara e Dom Paulo Evaristo Arns: oposição à Ditadura Militar, no Brasil, em defesa dos Direitos Humanos

Dom Hélder Câmara e Dom Paulo Evaristo Arns: oposição à Ditadura Militar, no Brasil, em defesa dos Direitos Humanos

- SULÃO, Artigos, Destaque, Destaque News
 Nada de verdadeiramente humano é alheio ao coração da Igreja, porque a Igreja assume as alegrias e as esperanças, as tristezas e as angústias dos homens e mulheres de nosso tempo, sobretudo dos pobres e de todos os que sofrem, como alegrias e esperanças, tristezas e angústias das discípulas e discípulos de Cristo (GS, nº 1) Introdução A Igreja, por força dos princípios evangélicos, não raro, intervém na história da humanidade em situações de risco e violência contra a vida, na defesa dos Direitos Humanos, base fundamental da dignidade de todo homem e de toda mulher. No Brasil, durante o período da Ditadura Militar, a Igreja assumiu o papel proeminente de defensora dos direitos humanos, violentados, frequentemente, pelas autoridades civis e militares, através de prisão, tortura e mort
Comunidade Intercongregacional de Islândia: Quando a Missão está acima dos Carismas

Comunidade Intercongregacional de Islândia: Quando a Missão está acima dos Carismas

- NORTÃO, Articulação Continental, Artigos, Destaque, Destaque News, Sem categoria
 É necessário simplificar a Igreja, “que possa refletir sobre a sua estrutura, suas regras, a sua maneira de ser, a fim de ter um rosto amazônico, e não o contrário, que o rosto amazônico passe a ter um rosto eclesial e clerical." Há experiências eclesiais que só acontecem nas periferias do mundo. Islândia, na Amazônia peruana, é uma ilha no rio Javari, na fronteira com o Brasil, uma pequena cidade de palafitas, que passa parte do ano submersa. Lá vivem e trabalham quatro Irmãs brasileiras, de três congregações diferentes, Irmãzinhas da Imaculada Conceição, Missionárias de Jesus Crucificado e Bom Pastor, junto com um padre diocesano espanhol. O dia em que cheguei para visitá-los só estavam duas das irmãs que lá vivem, Ivanes Favretto e Zélia Gomes, junto com Cesar Caro. Esse projeto, c
Direito de ter Direitos.  70 anos da Declaração Universal dos Direitos Humanos

Direito de ter Direitos. 70 anos da Declaração Universal dos Direitos Humanos

Artigos, Destaque, Destaque News
O que está em jogo não é mais apenas esse ou aquele direito reconhecido em 1948. Quase nenhum Estado reconhece o direito dos migrantes e refugiados. Uma sociedade que visa apenas o lucro ignora o direito do trabalho. Essa semana é marcada pelo aniversário dos 70 anos da Declaração Universal dos Direitos Humanos, proclamada pela ONU. Nesse aniversário, é duro constatar que, atualmente, o que está em jogo não é mais apenas esse ou aquele direito reconhecido em 1948 e depois ignorado ou desrespeitado pela maioria dos governos. Quase nenhum Estado reconhece o direito dos migrantes e refugiados. Uma sociedade que visa apenas o lucro ignora o direito do trabalho. Atualmente, além de, na prática, ignorar todos os direitos básicos das pessoas pobres e carentes, a sociedade dominante simplesment
70 ANOS DA DECLARAÇÃO UNIVERSAL DOS DIREITOS HUMANOS: Celebração e novos desafios.

70 ANOS DA DECLARAÇÃO UNIVERSAL DOS DIREITOS HUMANOS: Celebração e novos desafios.

Artigos, Destaque, Destaque News
A exemplo de Jesus de Nazaré, estamos convencidos/as que é preciso nos colocar a serviço dos marginalizados e oprimidos Pronunciamento da Articulação Comboniana de Direitos Humanos No dia 10 de dezembro de 2018 celebramos os 70 anos da Declaração Universal dos Direitos Humanos. Essa é também uma boa ocasião para recordarmos s 30 anos da Constituição Federal, a mais democrática que o Brasil já escreveu, promulgada no dia 5 de outubro de 1988 e conhecida como ‘Constituição Cidadã’. Esses documentos em favor da vida, da dignidade e liberdade, assim como de outros direitos fundamentais de todas as pessoas, foram construídos à custa de muitas lutas, vidas tiradas, famílias dilaceradas e sonhos interrompidos. Graças a esses documentos e à organização dos movimentos sociais frente aos compromi
Às vésperas do  Dia Internacional dos Direitos Humanos, Trabalhadores Sem Terra são Metralhados no  Acampamento Dom José Maria Pires na Paraíba.

Às vésperas do Dia Internacional dos Direitos Humanos, Trabalhadores Sem Terra são Metralhados no Acampamento Dom José Maria Pires na Paraíba.

Artigos, Destaque, Destaque News, Sem categoria
Clima de muita tensão e revolta no acampamento Dom José Maria Pires, em Mata Redonda, com a cena em que Orlando e Rodrigo foram metralhados na noite deste sábado por quatro homens encapuzados quando estavam jantando. – Está evidente que o caso é grave porque tem características de ação planejada no mesmo dia em que no Sul assentamentos foram queimados – afirmou um líder sindical. *Nota da Direção do MST Paraíba sobre o assassinato de dois militantes no Acampamento Dom José Maria Pires, município de Alhandra.* O Movimento dos Trabalhadores Rurais Sem Terra (MST-PB) perde nesta noite de sábado (08) por volta das 19:30 dois militantes: José Bernardo da Silva, conhecido por Orlando e Rodrigo Celestino. Foram brutalmente assassinado por capangas encapuzados e fortemente a
Jon Sobrino: o princípio-misericórdia e a Igreja dos pobres

Jon Sobrino: o princípio-misericórdia e a Igreja dos pobres

Artigos, Destaque, Destaque News, Sem categoria
A teologia de Sobrino parte de um lugar eclesial preferencial, da Igreja dos pobres e de um lugar social privilegiado: o mundo dos pobres, das maiorias populares da América Latina No dia 3 de dezembro na Universidad Centro-americana José Simeón Canãs (UCA) de San Salvador (El Salvador) celebrou-se os 80 anos do teólogo Jon Sobrino, nascido em 27 de dezembro de 1938. É um evento que, como o de nosso colega e amigo Leonardo Boff, da mesma idade, que recebeu homenagem em 28 de novembro no Instituto Teológico Franciscano de Petrópolis, devemos comemorar aqueles que percorrem com eles o longo caminho da Teologia da Libertação, não isento de perseguições, censuras e condenações. São muitos os laços que me unem a Jon Sobrino desde que, em 1982, o convidamos na Associação de teólogos e t
Natal: O Empobrecimento  de Deus para o  Enriquecimento do Homem.

Natal: O Empobrecimento de Deus para o Enriquecimento do Homem.

Artigos, Destaque, Destaque News
“Hoje nasceu para nós o Salvador. Nasceu, portanto, para todo o mundo o verdadeiro sol. Deus Fez-se homem para que o homem se fizesse Deus. Para que o escravo se tornasse senhor, Deus assumiu a condição de servo (...) Ele está deitado numa manjedoura, mas contém o universo inteiro; mama num seio materno, mas é o pão dos anjos; veio em pobres panos, mas reveste-nos de imortalidade; é amamentado, mas é também adorado; não encontrou lugar na estalagem, mas constrói para si um templo no coração dos seus fiéis. Tudo isto para que a fraqueza se tornasse forte e a prepotência se tornasse fraqueza." É chegado o Natal, festa da celebração do nascimento do menino Deus entre os homens. Muitos significados podem ser atribuídos à celebração do nascimento do filho de Deus, dentre eles a de que o Nata
Abrir novos caminhos.  José Antonio Pagola

Abrir novos caminhos. José Antonio Pagola

Artigos, Destaque, Destaque News
A doutrina não toca o coração, não converte nem apaixona. Jesus sim.   "Preparai o caminho do Senhor". Como escutar esse grito na Igreja de hoje? Como abrir caminhos para que os homens e mulheres do nosso tempo possam encontrar-se com Ele? Como acolhê-lo nas nossas comunidades?  Os primeiros cristãos viram na atuação do Batista o profeta que preparou decisivamente o caminho a Jesus. Por isso, ao longo dos séculos, Batista converteu-se num chamado que continua a urgir para preparar caminhos que nos permitam acolher a Jesus entre nós. Lucas resumiu sua mensagem com este grito tomado do profeta Isaías: "Preparai o caminho do Senhor". Como escutar esse grito na Igreja de hoje? Como abrir caminhos para que os homens e mulheres do nosso tempo possam encontrar-se com Ele? Como acolhê-lo nas n
LEONARDO BOFF: 80 ANOS DE FECUNDIDADE

LEONARDO BOFF: 80 ANOS DE FECUNDIDADE

Artigos, Destaque, Destaque News
O advento do Papa Francisco, com a vital renovação que trouxe para a igreja, encontrou um Leonardo atento e ativo. E quando celebramos seu 80º aniversário, continuamos todos saboreando os frutos de seu ministério teológico e intelectual. Conheci Leonardo Boff primeiramente através de seus escritos. Quando comecei a estudar Teologia na PUC-Rio em 1975 já tive como leitura para os cursos textos e livros dele. Pouco a pouco sua produção teológica constante e ininterrupta ia sendo por mim lida e apreciada, seja por indicação dos professores, seja por iniciativa própria. Ajudaram-me muito e a muitos e muitas que conheciam seus livros dos anos 70: “Vida para além da morte”, “Minima Sacramentalia”. E, evidentemente, “Jesus Cristo Libertador”. Graças ao comum e saudoso amigo João Batista Liban
Se for para Morrer Defendendo esse Povo eu acho que Estou Pronto” (Padre Amaro, da CPT de Anapu, Pará).

Se for para Morrer Defendendo esse Povo eu acho que Estou Pronto” (Padre Amaro, da CPT de Anapu, Pará).

Artigos, Destaque, Destaque News
Padre Amaro: “Se fiz algo de errado foi ajudar a colocar a terra na mão do trabalhador." Sucessor de Irmã Dorothy Stang na luta pela reforma agrária, o padre Amaro Lopes concede entrevista pela primeira vez desde que foi preso, em março. Ele é acusado de cinco crimes pelo Ministério Público. As denúncias são encampadas pelo presidente do Sindicato Rural de Anapu. Por DANIEL CAMARGOS, de Altamira, Pará, para Repórter Brasil. Padre Amaro Lopes de Souza, de 51 anos, ficou 92 dias preso entre março e junho deste ano. Principal escudeiro da missionária norte-americana Dorothy Stang – assassinada em 2005 quando tinha 73 anos –, sucedeu a religiosa como referência para os trabalhadores rurais sem terra que tentam a posse de áreas públicas em Anapu, às margens da rodovia Transamazônica, no Pa