Artigos

Comunicação na Amazônia: colocar o microfone para que os povos falem

Comunicação na Amazônia: colocar o microfone para que os povos falem

- NORTÃO, Artigos, Destaque, Destaque News
"A melhor maneira de comunicar a defesa da Amazônia é ouvir seus protagonistas". Superar visões estereotipadas que tentam esconder a vida real da Amazônia e seus povos é um dos desafios que a Rede Eclesial Pan-Amazônica - REPAM, tenta responder. Para isso, é necessário que os povos tomem a palavra, pois "a melhor maneira de comunicar a defesa da Amazônia é ouvir seus protagonistas", segundo Rocío Huamancondor, da Associação Latianoamericana de Educação e Comunicação Popular - ALER. O eixo de comunicação da REPAM está sendo um nexo de união que nos últimos anos tenta articular o trabalho de diferentes meios de comunicação e instituições, muitos deles ligados com a Igreja, que tentam recolher as vozes da Amazônia, sabendo que "a comunicação Pan amazónica tem seus próprios caminhos, tempo
   As veias amputadas da América Latina – Marcelo Barros

  As veias amputadas da América Latina – Marcelo Barros

Articulação Continental, Artigos, Destaque, Destaque News
Há décadas, Eduardo Galeano escreveu “As veias abertas da América Latina” para denunciar a situação de exploração da terra e dos povos do continente, assim como a dependência que mantínhamos em relação aos impérios do mundo;  as veias da América Latina continuam abertas e sangrando.  O que adianta a ONU consagrar a cada ano o 20 de fevereiro como dia mundial da justiça social se aceita que a desigualdade social e econômica seja cada vez mais escandalosa e brutal? Não é possível se esperar justiça social em um mundo no qual 60 famílias possuem o equivalente à renda de mais de três bilhões de pessoas, isso é, a metade de toda a população mundial. Na América Latina, na primeira década desse século, alguns governos progressistas e mais ligados aos pobres conseguiram diminuir a pobreza e redu
O desafio do protagonismo da mulher na vida da Igreja

O desafio do protagonismo da mulher na vida da Igreja

Artigos, Destaque, Destaque News
“Eles temem que depois do diaconato das mulheres se exija o sacerdócio das mulheres“  Teóloga Maria José Arana A teóloga foi um das oradoras do III Seminário de Mulheres em Diálogo do Instituto Superior de Pastoral. “É verdade: havia diaconisas na igreja primitiva e há muitíssimo medo de reconhecer isso, que depois do diaconato feminino se reivindique o sacerdócio das mulheres“. afirma de forma contundente a teóloga María José Arana (Bilbao, 1943). Esta é a tese básica que expôs no evento e sobre a qual se discutiu com as mulheres participantes do Terceiro Seminário Mulheres em Diálogo, organizado pelo Instituto Superior de Pastoral de Madrid. A fórmula de ordenação de diaconisas que existia na Igreja primitiva “era muito semelhante à da ordenação masculina, mas um pouco mais curta”, as
Pedro Casaldáliga: 91 anos de Esperança e Profecia

Pedro Casaldáliga: 91 anos de Esperança e Profecia

- OESTÃO, Artigos, Destaque, Destaque News
Ao completar 91 anos,  no dia 16 de fevereiro de 2019, queremos homenagear a Dom Pedro Casaldáliga, pastor, profeta e poeta, que  vive e testemunha  com riscos de vida tanto a pobreza como a libertação dos mais oprimidos:  os indígenas e os camponeses, expulsos pelo latifúndio em terras de São Felix do Araguaia mato-grossense. Que essa carta sirva de inspiração nesses tempos de retirada de direitos. Que nosso presente seja  seguir seus ensinamentos na fidelidade aos pequenos. VIVA A ESPERANÇA! VIVA PEDRO CASALDÁLIGA!!  Carta de Dom Pela  de Pedro Casaldáliga ao Papa João Paulo II Querido Papa João Paulo II, irmão em Jesus Cristo e Pastor da nossa Igreja. Há muito tempo queria escrever ao senhor esta carta e há muito a venho pensando e colocando-a em oração. Gostaria que fosse um
Jesus de Nazaré: O servo sofredor e  humilde

Jesus de Nazaré: O servo sofredor e humilde

Artigos, Destaque, Destaque News
Por esta razão, a prática do amor político por meio do serviço e o amor mútuo entre os irmãos é o meio de identificação dos verdadeiros discípulos de Jesus (Jo.13.35). Servir às pessoas foi uma prática constante na vida de Jesus de Nazaré. Esta prática libertária de Jesus era um anúncio da chegada do reino de Deus aos pobres e oprimidos, um novo horizonte cheio de amor e esperança para um novo tempo. Não se tratava de um departamento de ação social-denominacional-institucional via instituição em forma de assistencialismo. Seu ministério de serviço caracterizava-se em atos concretos de compaixão e misericórdia. Alimentou os que tinham fome (Mc.8.2), recebeu os pobres como seus irmãos e irmãs (Mt.19.21), cuidou dos doentes (Jo.11.6), se compadeceu de todos que eram vítimas do sofrimento cau
A amizade, rosto afetuoso da Divindade

A amizade, rosto afetuoso da Divindade

Artigos, Destaque, Destaque News
Em todas as culturas humanas e no decorrer dos tempos, o Espírito Divino tem se manifestado de múltiplas formas e sob as mais diversas imagens. Nas mais diversas tradições espirituais, as pessoas adoram a Deus como Pai, como Mãe, como criador, como libertador e assim por diante. Entre todas as imagens através das quais, o amor divino se manifesta em nossas vidas, creio que a Amizade é uma das mais profundas e instigantes. Na cultura vigente, valorizamos muito a família, como sagrada e o amor conjugal como sacramento divino. E parece que percebemos menos o caráter sagrado da amizade. Há pessoas que confundem amizade com qualquer forma de coleguismo, companheirismo e bom relacionamento. Quando, no final dos anos 80, pela primeira vez, fui a uma aldeia bororo, desde o primeiro dia, estabe
REPAM: construindo  uma Igreja que supera fronteiras

REPAM: construindo uma Igreja que supera fronteiras

- NORTÃO, Artigos, Destaque, Destaque News
Uma Igreja que denuncia ameaças, migrante, itinerante, com rosto amável, que cuida da natureza, atraente, com o diálogo inter-religioso, que acompanha as pessoas em suas lutas e incide nas políticas públicas, aliando-se com os outros, que construa uma eclesiologia própria e uma teologia indígena e amazônica. A Igreja está além das fronteiras, seu trabalho excede os limites que a história estabeleceu em uma tentativa de separar os povos, inclusive os irmãos. Em uma reunião na qual  participaram povos indígenas, um tikuna disse que ele é  brasileiro, seu irmão, que vive rio acima, é  colombiana, e seu pai, que mora do outro lado do rio, é peruano, mas na realidade, são  tikunas, um povo de cerca de 40.000 habitantes que tradicionalmente ocupa um grande território naquilo que os portuguese
Sínodo para a Amazônia: trazer de volta os novos caminhos da irmã Dorothy 14 anos depois

Sínodo para a Amazônia: trazer de volta os novos caminhos da irmã Dorothy 14 anos depois

- NORTÃO, Artigos, Destaque, Destaque News
Dorothy está viva na memória daqueles que continuam a lutar na defesa da Amazônia. Aqueles que a mataram nunca pensaram que ela se tornaria um símbolo de novos caminhos, um legado que está sendo posto em prática através do processo sinodal. O assassinato da irmã Dorothy Stang, que completa 14 anos em 12 de fevereiro, foi um exemplo claro de que a busca de novos caminhos sempre foi, é e será arriscada. As novidades incomodam quem pretende conservar o sistema estabelecido, que sempre os beneficiou. Existem muitos personagens que ao longo da história sofreram isso. O mesmo Jesus de Nazaré queria estabelecer uma nova maneira de se relacionar com Deus, o que provocou uma aliança do poder político e religioso para lhe dar a morte de um criminoso. Com a irmã Dorothy aconteceu algo parecido, po
A identidade do laicato no Vaticano II (O laicato na Igreja e no mundo – 7)  Agenor Brighenti]

A identidade do laicato no Vaticano II (O laicato na Igreja e no mundo – 7) Agenor Brighenti]

Artigos, Destaque, Destaque News
"ao negligenciar os seus deveres temporais, o cristão negligencia os seus deveres para com o próximo e o próprio Deus e coloca em perigo a sua salvação eterna" (GS 43). Em grande medida, as mudanças do Vaticano II se deram antes dele, nos movimentos inovadores que o prepararam, entre eles, o movimento do laicato, em especial a Ação Católica. O Concílio, praticamente assumiu a teologia do laicato elaborada na década de 1950, situando-a na concepção da Igreja como “Povo de Deus”. A Lumen Gentium caracteriza de forma clara e concisa a identidade do laicato: “os leigos são fiéis que pelo batismo foram incorporados a Cristo, constituídos no povo de Deus e, a seu modo, feitos partícipes do múnus sacerdotal, profético e régio de Cristo, pelo que exercem sua parte na missão de todo o povo cris
Resistência indígena e nossa defesa. Marcelo Barros

Resistência indígena e nossa defesa. Marcelo Barros

Artigos, Destaque, Destaque News
“Esta terra tem dono”. Até hoje, esse grito ressoa nas lutas indígenas e é reconhecido como legítimo por todos os que têm senso de justiça. Os povos indígenas podem ser nossos mestres em como resistir nesses dias maus que vivemos. Temos de nos unir a esses irmãos e irmãs, na resistência contra as tribulações provocadas pelo Capitalismo e no testemunho do projeto divino no mundo. Cientistas sociais brasileiros como José Luiz Fiori e analistas internacionais como Boaventura de Sousa Santos afirmam que no dia 08 de junho de 2018 foi selado um acordo entre o chanceler dos Estados Unidos, representantes militares do Brasil e alguns das elites nacionais. Esse acordo possibilitou financiamento e assessoria de guerra para provocar a vitória eleitoral do atual presidente e gerar a nova realidad