– LESTÃO

Pela radicalização da Democracia  Pe. Nelito Dornelas

Pela radicalização da Democracia Pe. Nelito Dornelas

- LESTÃO, Artigos, Destaque, Destaque News, Rumo ao 15º Intereclesial
Prosseguimos caminhando e cantando, acreditando nas flores vencendo os canhões, animados pela fé de Jesus Cristo.       O Brasil, em seus 518 anos de história oficial, teve pouco menos de 50 anos de democracia. Através da linguagem  o poder domina as pessoas por dentro. Cuidemos, pois, da linguagem democrática até que ela se transforme em uma cultura democrática. O cenário político brasileiro está muito escuro, pois uma nuvem densa paira sobre o nosso querido Brasil. Mas, apesar da escuridão, prosseguimos caminhando e cantando, acreditando nas flores vencendo os canhões, animados pela fé de Jesus Cristo que, se manteve fiel ao projeto do reinado de Deus, mesmo passando pela morte e morte de Cruz, e ressuscitado revive no meio de nós, dando-nos lucidez, coragem e ousadia. Inspirados no ges
CARTA DO III CONGRESSO DE TEOLOGIA LATINO-AMERICANA E CARIBENHA AO PAPA FRANCISCO

CARTA DO III CONGRESSO DE TEOLOGIA LATINO-AMERICANA E CARIBENHA AO PAPA FRANCISCO

- LESTÃO, Destaque, Destaque News, Rumo ao 15º Intereclesial
 "Nestes tempos de celebração dos 50 anos de Medellín, sob o farol potente do Vaticano II e o do grande movimento que concebeu esta segunda Conferência, tu emerges como um genuíno filho desta Igreja." CARTA DO III CONGRESSO DE TEOLOGIA LATINO-AMERICANA E CARIBENHA AO PAPA FRANCISCO Querido irmão Francisco, Neste momento de dura prova, queremos fazer-te sentir nossa proximidade e apoio porque sabemos de tua fidelidade ao Evangelho de Jesus e dizer-te que tua proposta de uma igreja pobre e para os pobres é também nossa busca e compromisso. Ameríndia, em seus quarenta anos neste continente, busca tornar presente os desafios essenciais do Concílio Vaticano II e o magistério latino-americano desde uma teologia libertadora. No Terceiro Congresso Continental de Teologia Latino-americana
A casa Brasil. Dom Paulo Mendes Peixoto

A casa Brasil. Dom Paulo Mendes Peixoto

- LESTÃO, Artigos, Destaque, Destaque News
O que sentimos é uma falta de ética e de respeito para com a população mais carente, que deveria ser o principal objetivo e alvo da administração pública. Não há uma espiritualidade do bem comum e sim de privilégios concentradores de riqueza. A vida humana não é o mais importante dentro da casa, porque ela fica ameaçada pelas dissonâncias sociais e econômicas de forma desumana. A dimensão territorial, as riquezas naturais, a flora, a fauna, a capacidade humana, a riqueza econômica e de criatividade, tudo isso faz-nos convencer de que o Brasil é um país privilegiado. O Criador nos concedeu uma casa como um grande dom de sua bondade. É pena ver tanto descuido e práticas de irresponsabilidade com aquilo que deveria ser valorizado com todo carinho. A Nação brasileira tem a marca da democra
O absurdo do ‘marco temporal’ e a violação dos direitos originários  Por Alenice Baeta[1] e Gilvander Moreira[2]

O absurdo do ‘marco temporal’ e a violação dos direitos originários Por Alenice Baeta[1] e Gilvander Moreira[2]

- LESTÃO, Destaque, Destaque News, Rumo ao 15º Intereclesial
“Agora, o Supremo ao invés de ser portador da segurança dos direitos possessórios indígenas, cria um entendimento que viola totalmente a Constituição e documentos internacionais de direitos humanos em nome de, entre outras razões, a dificuldade de se estabelecer uma retrospectiva imemorial sobre as terras indígenas” (SCHWANTES & STARCK, 2017: 160). Marcas do período pré-colonial - figurações rupestres picturais milenares deixadas por grupos humanos,ancestrais dos atuais indígenas nas paredes de abrigos rochosos, Serra do Cipó, MG. Foto: A. Baeta, 2017. O ‘marco temporal da ocupação’ é uma argumentação insustentável e racista que ignora completamente as perseguições, violências e massacres sofridos por milhares de comunidades indígenas e quilombolas desde o período colonial, traze
Encontro Regional das  CEBs  em Minas. “Comunidade: espaço de partilha e vida“.

Encontro Regional das CEBs em Minas. “Comunidade: espaço de partilha e vida“.

- LESTÃO, Destaque, Destaque News, Rumo ao 15º Intereclesial
 “Precisamos sacudir o cheiro de incenso e ir para as ruas levar a palavra de Deus e o anúncio da Boa Nova, e as CEBs sabem fazer isso” Padre Godoy. No último final de semana, as CEBs da Micro Região Centro 1 que compreendem as dioceses de Sete Lagoas, Belo Horizonte, Oliveira, Divinópolis e Luz estiveram reunidas na comunidade de Nossa Senhora das Graças em Sete Lagoas. O tema do encontro foi: “As CEBs e sua missão no mundo urbano”, e o lema: “Comunidade: espaço de partilha e vida“. O bispo Dom Aloísio Vitral de Sete Lagoas, e Dom Vicente de Paula Ferreira que é bispo Auxiliar de Belo Horizonte, Dom Vicente de Paula Ferreira participaram do encontro durante todo o dia de sábado. 170 delegados e delegadas puderam refletir sobre o tema com a ajuda e assessoria do Padre Manoel Godoy de
Medellín: Ata de Nascimento da Igreja Latino-Americana. 50 Anos Depois. Por Edward Guimarães

Medellín: Ata de Nascimento da Igreja Latino-Americana. 50 Anos Depois. Por Edward Guimarães

- LESTÃO, Destaque, Destaque News, Rumo ao 15º Intereclesial
Só podemos compreender bem a figura do papa Francisco tendo presente o significado da Segunda Conferência Geral do Episcopado Latino-Americano, celebrada na cidade de Medellín, na Colômbia, de 24 de agosto a 6 de setembro de 1968. Para o teólogo José Comblin, a Conferência de Medellín pode ser considerada a ata de nascimento da Igreja latino-americana, com seu rosto próprio, sua identidade, suas opções pastorais, suas comunidades de base, a leitura popular da Bíblia, a Teologia da Libertação, sua luta pela justiça e seus mártires. O Observatório da Evangelização publicou esta síntese elaborada pelo prof. Edward Guimarães do livro 50 anos de Medellín. Revisitando textos, retomando o caminho organizado por Manoel Godoy e Francisco Aquino Junior, publicado por Edições Paulinas em 2017
Eu era estrangeiro e me acolhestes – Mt 25,35.

Eu era estrangeiro e me acolhestes – Mt 25,35.

- LESTÃO, Artigos, Destaque, Destaque News
Seremos julgados pelo amor e pelos nomes que possamos proclamar diante do juiz supremo. Se passamos o viver na indiferença ou cumplicidade com o poder e a riqueza, não teremos nomes a proclamar. O Evangelho de Mateus nos apresenta o julgamento final a partir de cinco situações humanas vividas pelos pobres. É um julgamento de atitudes antes de pensamentos e orações. São as práticas ou omissões que decidem. Afinal, não é o julgador quem separa ovelhas de cabritos, mas as atitudes das pessoas durante a vida que nos fizeram optar por caminhos “ovelhais” ou “cabritais”. O julgamento envolve elementos de uma grande epopeia: a certeza da chegada do Filho, a visão do séquito de anjos e do trono de glória, a convocação de todas as nações para uma reunião derradeira da humanidade, e a separação
As CEBs e Sua Missão no Mundo Urbano.  Encontro Regional  das CEBs  Leste 2

As CEBs e Sua Missão no Mundo Urbano. Encontro Regional das CEBs Leste 2

- LESTÃO, Destaque, Destaque News, Eventos, Rumo ao 15º Intereclesial
A Diocese de Sete Lagoas receberá delegações das cinco dioceses ( BH, Sete Lagoas, Luz, Oliveira e Divinópolis ) que formam o Setor Centro 1, do Regional Leste 2 da CNBB, para o encontro das CEBs entre os dias 24 e 26 de agosto na paróquia de Nossa Senhora das Graças. São esperados 200 delegados e delegadas vindos das diversas cidades que compõem as Dioceses da Micro. Comunidade: espaço de partilha e vida" O tema do encontro é " As CEBs e sua missão no mundo urbano" e o lema " Comunidade: espaço de partilha e vida". O assessor do encontro será o Padre Manoel Godoy da Arquidiocese de Belo Horizonte. Como farol para reflexão dos participantes o documento do Papa Francisco Evangelii Gaudium, que aponta pistas para a concretização de uma Igreja em saída, aquela que vai ao encontro das pes
Ser Pão  que  Ativa  e Sustenta Vidas – Pe. Adroaldo sj

Ser Pão que Ativa e Sustenta Vidas – Pe. Adroaldo sj

- LESTÃO, Destaque, Destaque News, Rumo ao 15º Intereclesial
“Quem vem a mim não terá mais fome...” (Jo 6,35) Continuamos seguindo o cap. 6 do evangelho de S. João. No texto deste domingo Jesus entra diretamente em discussão com os judeus e o v. 59 diz expressamente que este encontro conflituoso teve lugar na sinagoga de Cafarnaúm. Estamos no início de uma discussão longa e dura, na qual Jesus vai aprofundando as exigências do seguimento. E, à medida que Ele vai radicalizando o discurso, aumenta a distância dos seus ouvintes. O processo será esse: entusiasmo, dúvida, desencanto, desilusão, oposição, rejeição, abandono. O diálogo tenso desvela a real motivação daqueles que O buscavam, não porque tinham visto sinais, mas porque comeram pão até ficarem saciados. O “sinal” tinha sido um convite a compartilhar. Mas eles se fixaram só na satisfação da p
Inquietude serena e profética: característica importante das comunidades cristãs

Inquietude serena e profética: característica importante das comunidades cristãs

- LESTÃO, Artigos, Destaque, Destaque News, Rumo ao 15º Intereclesial
Necessidade de explicitar sempre o núcleo central da fé cristã Há muitas maneiras de explicitar o núcleo central da fé cristã. De qualquer modo, é necessário considerar que a vida cristã só pode ser concretizada de forma coletiva. Em outras palavras, a experiência cristã exige a inserção do cristão em uma comunidade de fé e partilha de vida: Comunidade inquieta, serena e profética, formada por pessoas animadas pela fé no Deus da vida, em contínuo processo de conversão e desafiada pelo horizonte esperançado do Evangelho do Reino; Comunidade que procura concretizar convivência social pautada pelo cultivo da intimidade filial com Deus e sua Palavra e, consequentemente, pela prática da acolhida fraterna, da justiça inclusiva, do amor ao próximo, da misericórdia e cuidado, solí