Rumo ao 15º Intereclesial

Uma “igreja em saída” precisa de uma comunicação popular

Uma “igreja em saída” precisa de uma comunicação popular

- OESTÃO, Destaque, Destaque News, Rumo ao 15º Intereclesial
Uma comunicação de CEBs só tem sentido se for popular. E para que isso ocorra, basta contar o que se passa no dia a dia das comunidades. Deve ser uma comunicação que venha de baixo, das bases. Essa foi uma das maiores lições tiradas do curso de formação "Comunicação Popular e Igreja em Saída", que ocorreu no sábado e domingo (dias 16 e 17) em Rondonópolis (MT). Confira galeria de imagens ao final da matéria. A atividade foi promovida pela coordenação das Comunidades Eclesiais de Base da diocese Rondonópolis-Guiratinga (Regional Oeste 2) e ocorreu no Centro Catequético padre Gunther Lendbradl, na paróquia Santa Cruz. Na oração inicial do sábado as pessoas presentes lembraram do aniversário de 91 anos do bispo emérito da prelazia de Sao Félix do Araguaia (MT), dom Pedro Casaldálig
Ampliada Nacional envia carta às Comunidades Eclesiais de Base do Brasil

Ampliada Nacional envia carta às Comunidades Eclesiais de Base do Brasil

Destaque, Destaque News, Rumo ao 15º Intereclesial
A carta enviada neste domingo, dia 27, pela equipe ampliada das CEBs às Comunidades Eclesiais de Base do Brasil mostra a preocupação com a crise civilizacional pela qual passa o mundo e anuncia a “sociedade do Bem Viver” como forma de enfrentar a situação. Essa conjuntura ficou evidente na reunião que teve início na quinta-feira, dia 24, e ocorreu em Cuiabá, com a presença de articuladores e assessores das CEBs em comunhão com cinco bispo e várias entidades parceiras. O cenário de preocupação e o anúncio de boa nova reafirma o tema e o lema do 15º Intereclesial, que vai ocorrer em julho de 2022 em Rondonópolis/MT: “CEBs – Igreja em saída na busca da vida plena para todos e todas” (“Vejam! Eu vou criar novo céu e uma nova terra” - Is 65,17ss).   Acompanhe a carta na íntegra log
Negritude e Sociedade. Marcelo Barros

Negritude e Sociedade. Marcelo Barros

Artigos, Chamadas, Destaque, Destaque News, Rumo ao 15º Intereclesial
"desde a recente campanha eleitoral e por responsabilidade do candidato eleito, temos assistido a nova onda de manifestações racistas, especialmente com as raças e culturas afrodescendentes" Mais do que nunca, em tempos de intolerância e discriminações, se torna fundamental celebrar o 20 de novembro como dia da união e consciência negra. Há duas décadas, várias cidades brasileiras consagram esse dia como feriado para comemorar o aniversário do martírio de Zumbi dos Palmares. Toda a semana é coroada com eventos sobre a imensa contribuição das raças negras na história e na construção das culturas formadoras do Brasil de hoje. Em todo o Brasil, há eventos que, ao valorizar a negritude, se tornam importantes, não apenas para as pessoas que se definem como de raça e cultura afrodescendente,
Por um novo pacto das Catacumbas.

Por um novo pacto das Catacumbas.

Artigos, Destaque, Destaque News, Rumo ao 15º Intereclesial
O novo Pacto das Catacumbas tem de nos libertar do Clericalismo que o papa denuncia como doença da nossa Igreja. Tem de convencer os padres novos de que Deus se é Deus e é Amor não pode ser de direita ou reacionário social e politicamente. É preciso um novo modo de compromisso com os pobres... Esse é o segundo ano em que o papa propõe que todas as Igrejas locais do mundo consagrem o 33o domingo do ano comum como “Dia Mundial dos Pobres”, ou seja dia em que se celebra e se intensifica o compromisso de solidariedade de toda a Igreja, pastores e fieis com os pobres do mundo. Certamente, essa intuição do papa vem de sua experiência ao ver que o caminho da sociedade atual provoca cada vez mais um aumento descomunal da pobreza, das desigualdades sociais e de uma mas
MENSAGEM DO SANTO PADRE FRANCISCO  PARA O II DIA MUNDIAL DOS POBRES

MENSAGEM DO SANTO PADRE FRANCISCO  PARA O II DIA MUNDIAL DOS POBRES

Artigos, Destaque, Destaque News, Rumo ao 15º Intereclesial
«Este pobre clama e o Senhor o escuta» 1. «Este pobre clama e o Senhor o escuta» (Sal34, 7). Façamos também nossas estas palavras do Salmista, quando nos vemos confrontados com as mais variadas condições de sofrimento e marginalização em que vivem tantos irmãos e irmãs, que nos habituamos a designar com o termo genérico de «pobres». O autor de tais palavras não é alheio a esta condição; antes pelo contrário, experimenta diretamente a pobreza e, todavia, transforma-a num cântico de louvor e agradecimento ao Senhor. Hoje, este Salmo permite-nos também a nós, rodeados por tantas formas de pobreza, compreender quem são os verdadeiros pobres para os quais somos chamados a dirigir o olhar a fim de escutar o seu clamor e reconhecer as suas necessidades. Nele se diz, antes de mais nada, que o
Vocação para a resistência. Marcelo Barros

Vocação para a resistência. Marcelo Barros

Artigos, Destaque, Destaque News, Rumo ao 15º Intereclesial
A fé não é apenas crença religiosa, mas é a acolhida do chamado que Deus nos faz através da vida e para a vida. A fé não pode ser desligada da vida e de uma sensibilidade pela justiça e a partir dos pequenos. O fato de que, em pleno século XXI, em um país como o Brasil, a maioria do povo possa ter votado em um projeto de governo representado por Jair Bolsonaro, merece estudos e reflexões que não se esgotarão em poucos dias, ou em algumas páginas de artigos. Sem dúvida, se o discurso de ódio e intolerância de um homem como o vencedor dessas eleições foi capaz de germinar e frutificar em uma população tão diversificada é porque o vírus já estava incubado no coração das pessoas e dos grupos sociais. Ele só aproveitou a ocasião propícia para fazer aflorar a revolta sem rumo das massas e con
Falar de  Quilombo é falar em  Resistência.

Falar de Quilombo é falar em Resistência.

- NORDESTÃO, Destaque, Destaque News, Rumo ao 15º Intereclesial
“Faz escuro mas eu canto, porque a manhã vai chegar. Vem ver comigo, companheiro, a cor do mundo mudar”. (Thiago de Mello) O galo por essas bandas determina o acordar desses povos, enquanto uns fazem o café outros arreiam animais, é dia de fazer farinha, segunda-feira,  no sábado tem que estar pronta para a feira livre da cidade (Maiquinique/Ba) que fica a 16 quilometros. São conhecidos na cidade pelos seus produtos orgânicos, produção livre de agrotóxicos. O derivado da mandioca tem um processo que exige muita paciência e muita dedicação. Paciência foi o que a comunidade do Tinga ou Mal Dormida, como muitos da comunidade preferem ser chamada, aprendeu à ter. Fiquei dois dias na comunidade, registrando hábitos, fotografando, acompanhando seus ritmos, seus trabalhos e a forma cultural e
Reunião ampliada da equipe e animação das CEBs de Minas Gerais

Reunião ampliada da equipe e animação das CEBs de Minas Gerais

- LESTÃO, Destaque, Destaque News, Rumo ao 15º Intereclesial
"deixa a luz do céu sair... abre bem as portas do seu coração e deixa a luz do céu sair" Com alegria e carinho a paróquia de Santa Luzia, na cidade de Carangola, diocese de Caratinga- MG acolheu nos dias 2 a 4 de novembro de 2018, a equipe ampliada de animação das CEBs do estado de Minas Gerais, presentes 39 pessoas, em sua reunião ampliada. Na ocasião, o Pe. Nelito Dornelas apresentou a Campanha da Fraternidade de 2019, Fraternidade e Políticas Públicas, Sereis libertados pelo direito e pela justiça (Is 1, 27). O debate sobre este tema acabou proporcionando uma profunda e desafiante análise de conjuntura do cenário sócio-política pós-eleições de 2018. O objetivo desta reunião foi a preparação para o 8° encontro mineiro de CEBs. Algumas decisões importantes e os encaminhamentos nece
Como libertar-se de uma armadilha política demoníaca?

Como libertar-se de uma armadilha política demoníaca?

Artigos, Chamadas, Destaque, Destaque News, Rumo ao 15º Intereclesial
O Projeto de vida de Jesus de Nazaré – se for bem entendido e não interpretado de maneira distorcida e interesseira – é o Projeto mais revolucionário que existe. Jesus de Nazaré quer que todos e todas sejamos irmãos e irmãs. Nas eleições para presidente da República do Brasil deste ano, o Povo caiu numa armadilha política demoníaca. Os opressores – lembra-nos Paulo Freire – estão hospedados (e muito bem hospedados) na cabeça dos oprimidos. Sem querer negar a responsabilidade individual das pessoas – que é sempre situada e datada – na maioria das vezes, os oprimidos pensam e agem com a cabeça dos opressores, que – mesmo inconscientemente – são seus hóspedes. É a dominação ideológica, que é a pior de todas, porque abre as portas para a dominação social, econômica, política, ecológica
Retomar o espírito do Cristianismo Libertador nas Igrejas e no mundo. Uma mística revolucionária,  transformadora e necessária.

Retomar o espírito do Cristianismo Libertador nas Igrejas e no mundo. Uma mística revolucionária, transformadora e necessária.

Artigos, Destaque, Destaque News, Rumo ao 15º Intereclesial
O primeiro amor para a comunidade eclesial é a mística do reino: espiritualidade político-libertadora. É um caminho de intimidade com Deus que não se contenta apenas com as mudança de coração. Hoje, a vocês que me acompanham cada semana na meditação do evangelho, peço permissão para não seguir o lecionário seguido pelas Igrejas. Nessa noite, quero meditar as palavras de Jesus durante a última ceia, (João 15, 18 – 21 e 16, 1 – 4). De acordo com o quarto evangelho, Jesus diz aos discípulos e discípulas com os quais tinha mais intimidade as palavras mais ternas e carinhosas, mas também os adverte: Se o mundo vos odeia, sabei que, primeiro do que a vós, odiou a mim. Se fôsseis do mundo, o mundo amaria o que era seu, mas porque não sois do mundo, antes eu vos escolhi do mundo, por isso é que