Tag: #cebsdobrasil

Dom Neri Tondello: “A Igreja tem que pedir perdão às mulheres”.

Dom Neri Tondello: “A Igreja tem que pedir perdão às mulheres”.

- NORTÃO, - OESTÃO, Destaque, Destaque News
A  presença da Eucaristia nas comunidades, eu digo que é uma dívida que a Igreja tem para com o povo. Um dos representantes do Brasil no Conselho Presinodal do Sínodo para a Amazônia é Dom Neri Tondello, bispo de Juína – MT. Ele reconhece que esse processo está provocando uma mudança radical em sua vida, “porque quanto mais nos envolvemos, quanto mais entramos na realidade amazônica, mais nos transformamos”. O Sínodo “nos faz perceber as carências, os limites e as maravilhas que nós temos”, e ao mesmo tempo, ajuda a “que se intensifiquem caminhos que venham responder os gritos e os clamores da Amazônia no momento, que são muitos”, segundo Dom Neri Tondello. Por isso, se faz necessário escutar, especialmente os povos indígenas, pois “eu vejo que cada vez que eu me encontro com eles, é uma
Agro-Unido y Barú Renascen en Medio de los Nuevos Herodes.

Agro-Unido y Barú Renascen en Medio de los Nuevos Herodes.

Articulação Continental, Destaque, Destaque News
Saludos, felices fiestas de adviento. No puede haber Navidad si la justicia y la paz no se abrazan. Les comparto una lectura de adviento desde Panamá, de parte del grupo "fieles al pacto de las catacumbas". Bendiciones a todos. “A los hambrientos los colmará de bienes y a los ricos despedirá vacíos” No se puede seguir con una economía reducida a mirar el GPS, que dice por georeferencia, dónde hay alimentos en el mapamundi. Los atropellos causados por la represión gubernamental, a las familias campesinas de Finca Ceiba-Barú y Unidos por el Agro en el Puente de la Villa, junto con otras organizaciones solidarias, me llevan a recordar las palabras de María, cuando recibe el anuncio de Gabriel, de que va a ser madre de JESÚS, el liberador del pueblo de Dios, es decir de nosotros.
A ‘mini-encíclica’ de Francisco sobre a boa e verdadeira política. Pró-memória para as classes dominantes

A ‘mini-encíclica’ de Francisco sobre a boa e verdadeira política. Pró-memória para as classes dominantes

Artigos, Destaque, Destaque News
A vida política autêntica, que se funda no direito e num diálogo leal entre os sujeitos, renova-se com a convicção de que cada mulher, cada homem e cada geração encerram em si uma promessa que pode irradiar novas energias relacionais, intelectuais, culturais e espirituais. O Papa Francisco nestes mais de cinco anos de pontificado tem falado pouco sobre política e escolheu, quase sempre, uma via indireta: aquela da economia e das finanças que em sua opinião muitas vezes tomaram como refém através da corrupção, a política em geral e muitos políticos, em particular. Nesta terça-feira, no entanto, em sua Mensagem para o Dia Mundial da Paz 2019 propõe uma verdadeira mini-encíclica e explica a essência do seu magistério sobre a boa e verdadeira política que tanto falta hoje em todo o mundo.
Conrado Dalmonego: “O diálogo com os indígenas nos ajuda a descobrir a essência de nossa fé, encoberta por enfeites e tradições culturais”.

Conrado Dalmonego: “O diálogo com os indígenas nos ajuda a descobrir a essência de nossa fé, encoberta por enfeites e tradições culturais”.

- NORTÃO, Chamadas, Destaque, Destaque News
Nós temos uma mentalidade que muitas vezes é exclusivista, tem que aceitar uma coisa, e para aceitar “a” tem que eliminar, excluir “b”. Eles tendem a juntar as coisas, eu vi isso com os yanomami, uma coisa e a outra. Por que não fazer esse exercício também como Igreja, essas experimentações? Isso que, por um lado, pode ser acusado de sincretismo, relativismo, mas nós não somos donos da verdade. A Missão Catrimani pode ser descrita como, uma missão especial diferente, com características definidas ao longo de mais de cinquenta anos de presença, que é o que realmente define a missão dos Missionários da Consolata com o povo Yanomami. Atualmente, junto com três irmãs da Consolata, na missão vive Corrado Dalmolego, religioso nascido na Itália, que depois de onze anos aprendeu a viver, falar
O Povo  que Andava nas Trevas Viu uma  Grande  Luz

O Povo que Andava nas Trevas Viu uma Grande Luz

Artigos, Destaque, Destaque News
Hoje como ontem, conforme a expressão do profeta, o desafio segue sendo o de romper com a “canga, o bastão e o açoite”, queimando ao mesmo tempo a “bota que pisa” e a “capa empapada de sangue” “Uma luz brilhou para os que viviam no reino das sombras” (Is 9, 1-2).  Em meio ao peso da escravidão, o profeta – e poeta – anuncia que o momento da liberdade está próximo. A frase é do profeta Isaías. Constitui um dos textos litúrgicos mais utilizados no tempo do Advento, como preparação ao Natal. E o texto prossegue: “Uma luz brilhou para os que viviam no reino das sombras” (Is 9, 1-2). Em meio ao peso da escravidão, o profeta – e poeta – anuncia que o momento da liberdade está próximo. Outros poemas semelhantes iluminam todo o movimento profético do Antigo Testamento. Restringindo-nos ao Livr
Campanha da Fraternidade 2019: Continua o Ano do Laicato? Daniel Seidel

Campanha da Fraternidade 2019: Continua o Ano do Laicato? Daniel Seidel

- SULÃO, Chamadas, Destaque, Destaque News
"No cenário brasileiro de 2019 será preciso ainda mais ser “Igreja em saída” "promover a cultura do encontro e de diálogos,  aprofundar os valores e princípios do Ensino Social da Igreja; dedicar-se mais a processos do que ocupar cargos  reconhecer a participação das mulheres na Igreja e na sociedade, superando as atitudes de violência e preconceito contra elas; construir unidade em nossa ação coletiva que supere os conflitos; considerar a realidade concreta das pessoas e comunidades acima das ideologias e agir no local dentro de uma estratégica global." A culminância do Ano Nacional do Laicato, promovido pela CNBB, ocorreu no dia 25 de novembro último, em Aparecida (SP), com a realização da Assembleia dos Organismos do Povo de Deus. Ela reforça a corresponsabilidade e a sinodalidade
32º Curso de Verão : Por uma Cidade Acolhedora Somos todos Migrantes

32º Curso de Verão : Por uma Cidade Acolhedora Somos todos Migrantes

- SULÃO, Destaque, Destaque News, Eventos
E é preciso, como diz o Papa Francisco, “acolher, proteger, promover e integrar” essas pessoas, já que muitos países fecham suas fronteiras, erguem cercas, muros e varias outras barreiras para contê-las. A maioria é confinada em verdadeiros campos de concentração, encarcerada ou expulsa... INSCREVA-SE NO CURSO DE VERÃO 2019 O XXXII Curso de Verão terá como tema, Por uma cidade acolhedora somos todos migrantes.    As migrações tornaram-se um dos fenômenos centrais do nosso mundo contemporâneo. Os migrantes são mais de 250 milhões, dos quais 22,5 milhões são refugiados. As cidades são seu principal destino e não mais o campo. Muitos partem movidos pelo sonho de uma vida melhor. Outros, acuados por guerras, fogem em busca de um lugar, onde possa
Este é o sentido do Advento: pré-ocupar da esperança.Tratar de ajeitar o mundo para o novo que vem.

Este é o sentido do Advento: pré-ocupar da esperança.Tratar de ajeitar o mundo para o novo que vem.

Artigos, Destaque, Destaque News
Esperamos um bebê para tirar dos "tronos, os poderosos", "para despedir vazios, os ricos", "exaltar os humildes", como nossos irmãos que vivem nas ruas, ou os que trabalham duro, os iletrados, os que recebem "bolsa família", os que esperam na fila pela "minha casa, minha vida", os que não "alimentam pensamentos soberbos" Por isso uma força me leva a cantar Por isso essa força estranha (no ar) Por isso é que eu canto, não posso parar Por isso essa voz tamanha (“Força Estranha”, de Caetano Veloso) Todas as vezes em que se aproxima os finais de ano, eu fico pensando nas mulheres que estão grávidas. Se existem pessoas que podem compreender bem o sentido do Advento do Natal são as mulheres que já passaram pela experiência da gravidez e da maternidade. Cada dia é uma novidade. Alguns p
Líderes indígenas do Amazonas denunciam: “Alto lá! Nossas terras são inalienáveis e indisponíveis e nossos direitos inegociáveis”

Líderes indígenas do Amazonas denunciam: “Alto lá! Nossas terras são inalienáveis e indisponíveis e nossos direitos inegociáveis”

- NORTÃO, Artigos, Destaque, Destaque News
IV Encontro de Educação e Saúde Indígena do Amazonas, organizado pelo Fórum de Educação Escolar Indígena Amazônica - FOREEIA Educação e saúde sempre fizeram parte das demandas das organizações indígenas. Na verdade, essas são algumas das causas da migração indígena para as cidades, que ameaça o ecossistema amazônico, dando origem a invasões externas de quem vê a Amazônia como um lugar de exploração descontrolada. Discutir estas questões tem sido o principal objetivo do IV Encontro de Educação e Saúde Indígena do Amazonas, organizado pelo Fórum de Educação Escolar Indígena Amazônica - FOREEIA, realizado em Manaus de 12 a 14 de dezembro, em uma tentativa de traçar estratégias na defesa das causas indígenas, como existência digna, direitos coletivos, território, educação, saúde, cultura,
A Caravana… os “de dentro” e os “de fora”, os “cidadãos” e os “estrangeiros”.

A Caravana… os “de dentro” e os “de fora”, os “cidadãos” e os “estrangeiros”.

Articulação Continental, Artigos, Destaque, Destaque News
"É a urgente necessidade de destruir todas as fronteiras que dividem os “de dentro” e os “de fora”, os “nossos” e os “outros”, os “cidadãos” e os “estrangeiros”. Primeiro nasceu o sonho. Engendrado no fundo ignoto e obscuro dos tempos, tinha raízes em épocas pré-históricas, primordiais. Vinha dos antepassados mais antigos, conhecidos apenas pelo nome ou pelos mitos. Como todo sonho, brotou e cresceu teimoso a partir de um solo estéril e hostil. A terra se recusava a produzir o pão. Dia e noite, a fome roncava no estômago e debilitava as forças. Temendo os olhares cruzados, os adultos permaneciam agachados, silenciosos e taciturnos. Curvados como se a vergonha lhes pesasse sobre os ombros, a face vergada sobre o chão. As crianças refletiam a pobreza das famílias. Com olhos tão grandes